POLO TECNOLÓGICO DO OESTE CATARINENSE
Telefone: (49) 3324.4342 Email: deatec@deatec.org.br

NOTÍCIAS DO DEATEC

Fique por dentro de tudo que acontece no setor de TIC no oeste de Santa Catarina relacionado ao DEATEC

Startups de SC adaptam produtos e serviços e impulsionam negócios durante a pandemia

12/06/2020 13:28:00

Por Fabrício Umpierres Rodrigues, editor SC Inova – scinova@scinova.com.br

Para uma significativa parte de empreendedores no ambiente de startups, muitos dos projetos, planejamentos estratégicos e até mesmo os modelos de negócio que sustentavam suas receitas tiveram que ser completamente refeitos – quando não abandonados – ao longo dos últimos três meses.

A necessidade de “pivotar” negócios, ou seja, de mudar a concepção e a oferta de produtos e serviços em função de oportunidades do mercado, veio como uma questão de sobrevivência em função do impacto da Covid-19 na sociedade e na economia nestes últimos meses.

Uma das empresas que mais se beneficiou desta nova realidade é a Amplimed, uma startup que nasceu em Chapecó, em 2015, oferecendo plataforma de gestão para clínicas médicas e consultórios. Em 2018, a empresa, que atende mais de 9 mil médicos e 700 clínicas no país, tinha desenvolvido uma plataforma de telemedicina para conectar médicos e pacientes – um serviço que não podia ser oferecido até então pela falta de uma regulamentação da tecnologia no país.

Eis que em março deste ano, em função da pandemia da Covid-19, o Conselho Federal de Medicina liberou em caráter excepcional o uso da telemedicina e a Amplimed se tornou a primeira empresa do país a “virar a chave” e oferecer o serviço em sua rede de profissionais e clínicas – inclusive se tornando o prontuário padrão para milhares de médicos de uma rede de cooperativas.

“Nossa plataforma é a única integrada ao prontuário no conceito de mesma tela, então o médico tem acesso aos dados do paciente enquanto ele faz o atendimento digital. Este é um diferencial muito grande em relação ao mercado e nossas vendas aumentaram muito em março e abril”, conta o CEO e cofundador Darlan Segalin. A startup, fundada por dois profissionais de tecnologia e um médico ortopedista, tem hoje 20 colaboradores e estima dobrar o tamanho da equipe até o final do ano.

Leia mais em:

https://scinova.com.br/startups-de-sc-adaptam-produtos-e-servicos-e-impulsionam-negocios-durante-a-pandemia/