Please enable JavaScript to view the comments powered by Disqus.

Deatec promove integração com novos associados

Notícia
25/05/2017 11:46
Deatec, deatec@deatec.org.br

Apresentar as atividades desenvolvidas pela Associação Polo Tecnológico do Oeste Catarinense (Deatec) e as novas empresas associadas foram objetivos do Café com Associados, promovido nessa quarta-feira (24), com apoio do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE). A iniciativa oportunizou um momento de troca de ideias e experiências e deu as boas vindas às empresas: 1Bi Capital, 2ADV, Incomun, Certa Corretora de Seguros, ConexTI, D2W Digital, Octopus, StarApp, Selke, Three Pixels, Inviolável Monitoramento Eletrônico, CPNet Telecom, PackID, Crypto, TagPoint, Uceff Faculdades, Sped+, Automazzon e K-Energy. Cada representante dos novos associados teve a oportunidade de apresentar a atividade que desenvolve, além dos sócios.

A Deatec foi criada em 2005 e tem, atualmente, mais de 100 associados. Possui abrangência territorial representativa para o segmento de tecnologia e inovação nos municípios que compõe o oeste e extremo oeste catarinense e noroeste do Rio Grande do Sul. Os associados são empresas de software, de registro, de segurança privada, de automação industrial, de telecomunicações, agências digitais, aceleradoras, corretoras de seguros, lojas de informática, instituições de ensino e startups.

Os benefícios e vantagens de ser associado foram explanados pelo gerente executivo da entidade, Rafael Miotto, que enfatizou a atuação da Deatec na defesa dos interesses das empresas perante órgãos públicos e entidades municipais, estaduais e federais na busca de melhores condições para o setor de tecnologia e inovação. Além disso, atua na divulgação de projetos e aproximação dos órgãos de financiamento, disseminando as oportunidades de captação de recursos para inovação, produtividade e gestão.

Entre os benefícios também estão planos de saúde, convênios com cursos de graduação, pós-graduação, registro de marcas e patentes, cursos, palestras e treinamentos, banco de talentos próprio, plano diferenciado para startups, apoio para projetos de inovação, projeto de incentivo fiscal, entre outros.

O secretário adjunto da Deatec, Ernani Zottis, expôs o projeto do Condomínio Tecnológico. A ideia da construção do condomínio surgiu em 2008 e a edificação será em uma área de 204 mil metros quadrados. “Estamos pensando no modelo jurídico e como faremos para viabilizar oportunidade para que todas as empresas associadas possam se instalar no condomínio”, relatou. Zottis também apresentou a Expen que será promovida pela Deatec em2017. A feira é uma oportunidade para as empresas lançarem produtos, fazer networking e mostrar que possuem produtos e serviços de excelência.

O gerente regional do BRDE, Paulo Antoniollo, apresentou produtos específicos do banco para o setor de tecnologia. As principais linhas de financiamento de inovação são o BNDES MPME Inovadora, Finep Inovacred e Finep Inovacred Expresso. “As empresas de tecnologia possuem algumas particularidades e, para compreender o setor, nos aproximamos das entidades. O Programa BRDE Inova, por exemplo, possui condições diferenciadas para atender as demandas do segmento”, frisou.

O presidente da Associação, André Telöcken, enfatizou a importância da conectividade para fortalecer o setor de tecnologia e inovação. “Temos a missão de desenvolver o segmento e transformar essa matriz econômica na região. A Deatec tem conseguido agregar empresas, instituições e pessoas para trocar ideias, adquirir confiança e somar forças. Nesse sentido, temos na próxima semana o 1º Deatec Summit, um projeto que trará integração e discutirá temas importantes”, finalizou.